Texto Velho (PP)

De Enigma
Ir para: navegação, pesquisa

Enigma Fictional Multiverse

Antes de qualquer coisa, Sejas bem-vind@ à página.

Action Tales é um esforço iniciado por Sol Cajueiro para o desenvolvimento de um universo ficcional em comum para alguns autores amigos; e que encontram neste universo uma base para desenvolver Romances, Contos, Poesia, Conspiração, Conlangs, Worldbuilding, além de História e o que não querem que você saiba, de forma tanto narrativista quanto jornalística, o que se propõe o Multiverso Ficcional Enigma (EFM) é abraçar o estímulo da imaginação. O nome singular Action Tale se refere ao esforço de criação desde a origem.

Siga para Texto Velho (PP) para ver a bagunça que era antes.

Estamos fazendo revisão na Página principal -- Obrigado por ler.

Siga para Tenho uma Missão (Conto) para começar a ler.

Este Conto foi publicado no dia de aniversário da filha de Sol Cajueiro, e a ela foi dedicado.

O objetivo aqui é publicar uma Série de histórias, aos poucos, e também informar sobre o universo em que elas acontecem. As informações devem seguir o ritmo da publicação dos Romances, Contos, Poesias, Conlog, Aulas sob a forma de Conlang Classes, Ensaios (Story Essays), Letras (Lyrics) e tudo mais que está planejado para fazer parte do universo ficcional.

Siga para A Lenda dos Dois Irmãos (Conto) para ler uma de nossas lendas.

Estes dois Contos são parte do Multiverso Ficcional Enigma (EFM).

Enigma Action Tales reúne aqui mesmo no nosso Wiki, as Informações e Regras que podem ser úteis para que você consiga jogar Enigma.

As listas de Sistema (lista), Mecânica (lista) e Alternativa (lista) são um bom ponto de partida.

Enigma Action Tales divide os Tipos em grupos, para facilitar o entendimento do Sistema de Regras. Siga para Social, Misto ou Combatente para ver os Tipos segundo o Sistema.

Vá para o Glossário (lista) ou Listas (lista), sempre que for se sentir perdido ou procurar por informação específica.

O texto Informações Relevantes (R) é um resumo que pode ser útil para entender O Jogo e sua Ambientação.

Ao jogar, você precisa saber que tem liberdade de escolha, e que o Sistema foi feito para servir à Ambientação, não o contrário. Assim sendo, há coisas mais simples de se fazer, mas certas coisas são um pouco mais difíceis –– Exemplo: Não dá pra jogar com "lobisomem", porque é um tipo de "besta", um tipo de monstro que não tem controle sobre si mesmo, porém o Mestre e o Grupo de Jogo podem querer jogar uma onda mais "terror", onde se encaixa muito bem como um dos Tipos de Antagonista.

As Três Esferas (W) que O Grande Jogo oferece fornecem uma base sólida sobre a qual se joga com muito cuidado, porque a Ciência e a Religião não se dão bem, e é a Magia que é o Caminho do Meio, que tem a chance de explicar coisas tanto a uma quanto a outra, e entre elas.

Note que as Três Esferas existem ao mesmo tempo: Não há uma separação clara entre uma e outra, tudo existe ao mesmo tempo.

Os Três Mundos Trikumai –– Toj, Kalagot e Treiyka –– são um ponto de partida pra você ver os exemplos de Ambientação. Toj foi desenvolvido em mesa de jogo, e é o mundo ediche mais importante desse Quadrante da nossa galáxia, Akkoya. Assim sendo, Toj é o passado desse mundo futurista, enquanto Kalagot se tornou o Astral desse mundo no futuro e Treiyka, que era oco, se tornou o satélite de Akkoya. Essa mudança acontece com o fim dos Mundos Trikumai, e o início da Era de Transição.

Trikumai separa "pessoas" em Tipos –– Pessoa Comum e Pessoa de Poder representam a Esfera do Comum e a Esfera do Poder, ou seja, todas as pessoas que têm qualquer tipo de capacidade especial são chamados de Nobres. Dessa maneira, os bruxos e bruxas que tem Aptidão de nascença são naturalmente parte da nobreza, mas aqueles que estudam Magia feita por Virtude, o que não é de nascença, também se tornam Nobres. Os Mundos Trikumai são unificados, porque os nobres que tem Telepatia ou a capacidade de observar a distância fazem com que os mundos sejam até mesmo "pequenos".

Além disso, As Três Timelines Trikumai –– Toj, Kalaummuklutwa e Akkoya –– são Janelas do Mundo Capital ediche, e são jogáveis! Isso quer dizer que você pode envolver os Jogadores de outra Janela. Os Jogadores mais conhecidos são A Imperatriz, O Agente do Correio, O Selvagem, O Monge da Corda Branca, O Senhor da Luz, O Mestre Elementalista, A Sacerdotiza, O Mais Velho (Deus), A Deusa Monge da Magia, São Krunnke O Bárbaro, O Último Valoriano, O Hajá de Prizlýpea, O Vingador (Deus da Vingança), O Senhor dos Infernos, entre outros. Todos estes são personagens dos Mundos Trikumai. Você vai ver estes Jogadores nas histórias, principalmente na história Sonhos Roubados, que está sendo adaptada e que primeiro havia sido publicada em inglês -- Sol: Eu não era fluente em inglês, naquela época -- mas que agora ganha sua versão oficial em português.

Ainda assim, um Herói vai encontrar, além do Monstro que é seu oposto, também Deuses e Deusas, Entidades de vários tipos, Avatares, Extradimensionais, vários tipos de Espíritos, Alienígenas e, apesar de não ser o foco deste jogo –– aqui, os monstros são pessoas –– Criaturas que povoam a Cosmologia, a Natureza e a Existência, obrigando o Herói a reagir a uma Ameaça e aproveitar, ou não, uma Oportunidade que, juntas são os Tipos de Contexto que você vai ter de lidar.

Isso é muito importante: Ameaça e Oportunidade são os contextos apresentados o tempo todo, durante o Jogo, tanto pelo Mestre quanto pelos Intérpretes.

Nota: É muito importante saber a hora de não fazer um teste! –– Há coisas que se deve definir de forma arbitrária, quando um personagem tem toda a Vantagem para realizar uma Ação ou Ato e não está em Situação de Estresse, por exemplo.

Há também situações em que se joga apenas um d6, ao se fazer uma Tentativa.

Isso quer dizer que se você está testando uma coisa que não tem muita importância, você pode simplificar todo o Sistema e rolar um d6 simples. A Dificuldade será sempre 5, mas a Margem de Erro (R) pode se alterar, em um, ou seja, a Falha é 1 ou 2. Você também pode conseguir Vantagem, o que significa +1 no seu Teste. Isso quer dizer que você não vai mais tirar 1 no dado, e não falha, a não ser quando a Margem de Erro aumentar.

O dado um d6 é chamado de Chance, mas dê uma olhada em Testes para compreender melhor.

Uma Alternativa é considerar que só se joga Chance quando se está lidando com o Destino.

Ao se lidar com o Destino, você está Jogando Dados com o Destino, e há Tipos de Personagem que tem bônus para fazer isso, sejam eles um Djine por causa de sua Neutralidade (Djine), praticamente todos os Avatares e Extradimensionais, uma Múmia por causa da sua Grande Causa (Múmia), seja um Sussurro que é um lugar de poder, uma Âncora que é um lugar de poder onde a Magia é facilitada, em 2 ou 3, diminuindo a Dificuldade do d20, ou em qualquer tipo de situação em que o participante esteja lutando contra um Ponto Fixo, que é um futuro corrompido por um Corruptor, e fixado mesmo contra a vontade de todos. Se nada for feito contra, o Ponto Fixo acontece. Assim sendo, os Jogadores devem aprender a lidar com o Destino para mudar o futuro fixo; um Herói também pode tentar fazer isso.

Uma característica muito importante de um Story Game ou RPG está na Experiência, uma pontuação feita para que o intérprete leve os seu personagem para onde deseja.

Em Enigma nós usamos Pré-Requisitos para que você possa realizar ações mesmo quando você não tem uma dada estatística.

Não se esqueça de que existe uma diferença entre Ação, que é intencional, e Ato, que é não intencional, um se faz com o Teste de 2d6, outro com Xd6.

Também é importante saber que você pode separar a sua parada de dados e fazer um Teste Secundário, em que por exemplo: "Vou levantar o carro; mas, ao mesmo tempo, quero impressionar "personagem-x" com o tanto que eu sou forte" –– é um exemplo muito bom disso; ver: Flavour.

O uso de Flavour e o uso de Drama são também Experiência, e você recebe essas pontuações no início de cada sessão.

O uso da regra de Testes começou a ser publicada em 2018, então regras antigas como Teste Simples (R), que estavam confusas, estão sendo abandonadas.

Isso quer dizer que estamos passando por um processo de revisão das Regras de Enigma.

Vamos editar, por exemplo, a página de Mapmaking (eng), que vai ganhar duas versões, uma em português para o nosso sistema, e uma em inglês para que as regras de Jogador possam ser compreendidas neste idioma, também.

Jogadores disputam Ativos, que são quase qualquer coisa que eles possam controlar dentro de uma história, como por exemplo uma Nação, uma grande corporação, ou uma cidade.

Os Ativos precisam estar em uma área de Interação no espaço-tempo, o que quer dizer que somente com a ajuda de outros Jogadores é que se interage com outros tempos, ou mesmo com outros mundos. Assim sendo, a disputa pelos Ativos acontece fora do tempo. Isso quer dizer que um Jogador tem contato com outros Jogadores de outros mundos, e fica revelado que existe vida em outros lugares, ou seja, o Universo de um Jogador é muito maior do que o de uma pessoa comum, independente de época em que a história acontece.

Estamos deixando isso claro para que você entenda que Jogador não é Herói.

O Nível de Herói envolve o enfrentamento do mal e a luta pelo bem de difícil acesso, o Caminho do Herói (masculino) está muito bem representado pelo Tarot.

O Tarot também interfere nas histórias, porque no Nível de Jogador eles se tornam pessoas, e cada um dos Arcanos se torna um personagem. São as Entidades de Enigma. Você vai encontrar nas primeiras páginas de Enigma: Silêncio sob Os Paraluzes, a entidade Aella, que é o Arcano Treze, a Entidade responsável pela Morte, ou seja, a mudança. A Morte também está presente, mas é na verdade uma Deusa. Ela é responsável por uma dimensão universal que recebe o nome de Floresta Profunda, e é uma garantia de que a Vida (uma das Origens) terá continuidade, mas nem sempre é a Morte que age para findar a vida; esta Deusa não prevê assassinato. É responsabilidade das deusas chamadas de Efemmera, o trabalho de intermediar a mudança, ou seja, a Mutação, e isso faz com que O Caminho tenha altos e baixos.

E é nestes altos e baixos que vive o Herói, mas o Jogador quer estabilidade, quer que os seus Ativos sejam atuantes na história da civilização.

Voltando ao Mapmaking, o uso de Mapas é muito importante para O Grande Jogo.

Tenha cópias de seus Mapas para que sejam feitas anotações neles, e para que os intérpretes possam saber onde atuam os seus Ativos.

Na leitura do Conto "Agora, Tenho uma Missão (Conto)", você vai encontrar um ponto de partida sem tantas explicações, mas dá uma série de noções importantes; se isso representa a loucura de alguém, ou se isso está mesmo acontecendo, você vai descobrir ao longo da publicação de mais histórias.

A Terra tem lugar, nas histórias, durante o Século 23 e, depois, vai encontrar outros pontos de vista. Saiba que a Terra recebe o nome de Arda, ou A-erre-dê-a, durante as histórias.

Depois do Klacch (não há uma boa tradução pra isso), Arda também vai passar por uma série de problemas, para resolver questões sociais, políticas e econômicas, e além de Akkia, que é a língua da Nação da Magia que tem o nome de Ouddla, a maior parte do continente de Hammer, as Américas, vai falar Ikkai, a língua da primavera. Ikkai está sendo criada para ser falada, da mesma forma que Akkia e a língua dos Imortais. Os Imortais são Vampýr, Sanguinius e Nekron. Eles respeitam as leis da noite, um tratado universal, feito há muito pouco tempo, há cerca de oitocentos anos (século 23), e é armada uma paz forçada entre Vampiros e Monstros, e tratada a nobreza das Entidades da Noite.

Siga para A Guerra das Ordos (Terra) pare ler sobre o passado, fins do Século 20, início do Século 21, ou seja, a virada do Milênio. É um cenário para se jogar. Esta época seta o Tipo principal como o Independente, ou seja, uma pessoa de poder que não faz parte de nenhuma Ordem (ou Ordos).

O Tempo Atual de nosso Wiki é o Século 23 de nossa tão querida Terra, Arda; mas voltamos a datas em outros textos.

–– Sol: É tudo baseado no Nada (Nothingness).

O Nada é uma dimensão universal, e é O Nada que permite o movimento. Sem O Nada, não haveria o que nós percebemos como movimento, e o próprio Universo não teria começado, mas também é O Nada um elemento, o elemento mais difícil de se controlar.

Teremos também adicionados aqui histórias derivadas de "Sonhos Roubados", e vamos deixar anotados aqui os nomes: "A Morte do Tempo", "Ameaça das Sombras", "Os Olhos além do Véu", "Selos da Magia", entre diversas outras histórias, todas baseadas em história jogada. A idéia é de usar o Jogo, um método criativo criado por Sol Cajueiro na forma de um Story Game, para primeiro jogar o conteúdo, muito maior que qualquer publicação adaptada e, então, adaptar ou para o nosso Wiki, aqui mesmo, ou para o formato Romance.

Você também vai encontrar aqui o Resumo das aventuras, incluindo as duas aventuras publicadas no Blogger, que serão adaptadas e publicadas. Elas estão em um inglês muito ruinzinho, porque na época eu (Sol Cajueiro) não era fluente em inglês, mas foi muito importante pra mim publicar em inglês. Hoje, conhecendo a língua, eu vejo que foi um dos passos mais importantes que eu dei na direção da fluência dessa língua. Entenda que Resumo é um formato, e fica um buraco de narrativa.

Assim sendo, aconselhamos paciência para esperar a formatação e publicação, e se você for espiar os dois blogs no Blogger, vai encontrar Spoilers por conta própria.

Mas bem, chegamos a uma encruzilhada, e você vai ter de tomar uma decisão.

Arda ou Akkoya? Akkoya ou Toj, a capital ediche? Archailax, da raça ikka? Melch Lemetian, a capital ikka? Mekhet, um mundo egípcio? O mundo de transição, ediche, Kalaummuklutwa? Que tal Tunna, o mundo dos sobreviventes fyrmani? Jy'tjk, as ruínas gray? Uma estação espacial (eciche?), ou estação escola? Tanahta, o mundo que foi bombardeado pela Frota Invisível? Um dos mundos de Profunda, que serve de ajuda para quase todos os mundos elae? Uma guerra política, com um Senhor das Trevas ou Senhora das Tervas que queira dominar o mundo? Um grupo de Monstros como vilões? Você vai ter de escolher cenário e também motivação dos vilões. Isso tudo sabendo que temos uma sociedade plural, onde as sociedades paralelas recebem proteção dos governos e da diplomacia, em que principalmente os Bruxos e Bruxas vão ter lugar, porque estamos no início de uma nova Era, em que a Magia vai ocupar o seu lugar, depois de muito tempo de declínio.

No século 21, em 2018, a Era do Renascimento da Magia tem início.

O mundo de Toj é o cenário de Sonhos Roubados, em que um grupo com pessoas de poder muito poderosas é reunido pelo Senhor dos Sonhos para recuperar os Sonhos e o destino dos futuros grandes líderes do mundo.

Neste mundo, a sociedade se divide entre pessoa de poder e pessoa comum.

Isso significa que qualquer pessoa com qualquer capacidade especial se torna um Nobre, ou seja, todos os Bruxos e Bruxas de nascença, mas também os magos de linhagem que despertam Virtude, sabendo que os magos de Vícios são vilões. Aqui, os sete Vícios ou Pecados são proibidos porque tornam um mago uma pessoa maligna, mas em Cultos secretos eles se infiltram em todas as sociedades, e escondem seu conhecimento em livros que parecem inofensivos. Dragões disputam com Basylisques a orientação dos Heróis.

O Wiki está sempre em construção; e novos textos ou informações são adicionados todos os dias (quase), para lançar passo a passo o universo ficcional desenvolvido por nossa equipe que, por enquanto, não é grande –– por enquanto –– mas, algum dia, será.

Tentamos expandir o universo a partir do que se conhece –– hoje –– e, tomando por inspiração a realidade, criar um Multiverso a espera de você; e que, desde o início do projeto ainda no começo da década de noventa (1991), tem a intenção de mostrar a vida como ela é neste Universo inspirado na realidade.

Você vai gostar de ver os Nove Elementos, ou também a separação em Doze Elementos, e que para facilitar, também usa-se na Magia a separação em Cinco Elementos.

Ainda jogamos todos os fins de semana, testando regras e ambientação, dando vida à imaginação, e fazendo da Interação uma real que será adaptada e publicada.

Abaixo, você encontra Conlang Wars –– nosso primeiro Jogo, cujo lançamento começou 23 de Março de 2015, em inglês.

Estamos lançando em inglês porque o público –– Conlangers ou não –– tem conhecimento desta língua.

A maior parte do site será em português, mas estamos negociando tradução para o inglês, em primeiro lugar dos romances. Não pretendemos falar de outros jogos, de fanfic ou de obras derivadas, apenas de trabalho autoral nosso.

Assim, também estamos testando nosso sistema próprio, mas talvez a publicação demore um pouco pra sair.

Também é do nosso interesse publicar notas sobre o Worldbuilding e de como criar o(s) seu(s) cenário(s) dentro do Multiverso aqui apresentado.

Você vê em nosso primeiro Conto a existência da raça dos Símios (Império), mas há muito mais adiante tanto sobre eles quanto sobre os Cinzas, e os reptilianos.

Há ao menos um Império (Definição) por galáxia, ou às vezes vários deles, mas ainda que não exista comunicação com as novas raças, porque há uma regra: Somente depois que uma raça desenvolve viagem espacial é que o contato pode ser feito, as raças espaciais são várias e todas elas estão bem armadas.

Não existe um tradutor universal, ou seja, ou você fala a língua e conhece os alienígenas, ou não.

Também estamos aguardando a finalização do Romance (Sol Cajueiro), para que o Século 23 esteja vivo aqui.

Todas as informações relevantes –– sem Spoilers, vamos tentar –– serão listadas e adicionadas ao Wiki, aos poucos.

Enquanto isso, Sol Cajueiro e, futuramente, mais autores a serem contactados, também têm aqui espaço para a Poesia, uma paixão.

Siga para Vida (Poesia) para ler a poesia do mês de Novembro. Siga para Desejo (Poesia) para ler a poesia de Dezembro.

Dê uma olhadela em Poeta (Poesia), publicada como Capa do livro de coletânea de autores Raio de Luz em 1990.

Aqui vai a anotação de virada de ano (2015); e, claro: Mais poesia, por favor.

–– Silea nue ihhen sa. (Happy new year!, in Akkia). Siga para Prelúdio (Poesia) para ler a poesia de Janeiro de 2015. Sol: Esta poesia é dedicada aos meus Patronos, mecenas das minhas artes. Não cobro por ela. No site Patreon, ela será listada como Atividade "Free", uma homenagem aos membros dessa família de mecenas que me proporciona continuar o meu trabalho. Obrigado, meus Patronos! Tem muito mais, adiante. E vamos em frente.

Agradecimentos especiais aos meus professores: Todos devem participar da Educação.

Sol: (toda indicação "Nome:" indica quem disse o seguinte) –– Agradeço aqui aos meus professores, Juca, Gracinha, e outros, por me darem o apoio que eu precisava, das boas maneiras à gramática e ao teatro; ter essa noção de teatro na escola me ajudou muito a entender a interpretação de personagem no RPG e, hoje, no Story Game narrativista. Ainda tenho a "Agenda" com poesias, minhas e de alun@s da escola; bem guardada.

Vamos nos concentrar mais em Worldbuilding, O Jogo e processo de criação que Poesia.

Ainda assim, há muito espaço para a Poesia entre as páginas de nosso Wiki project.

Toda vez que eu vejo que não me lembro de uma coisa, Interesse está aqui para responder a pergunta. Agora, nós vamos adicionar a tradição, em que Markkum significa Spellcasting, que se traduz como Feitiçaria para o português. Em fins de 2015 eu (Sol) defini que eu tenho 9 línguas –– agora, oito. Isso é uma coisa que me proporciona uma certeza, que antes variava e Akkia acabava como a pia da cozinha, mas agora o interesse explica isso, e evolui, deixando as informações sobre O Grande Jogo em nossas páginas para que isso inspire alguns a se tornarem Jogador, ou seja, trocar a guerra pelo Jogo.

Serão acrescentados textos sobre as Poesias e Contos, à medida que forem publicados.

Desde a década de oitenta que Sol Cajueiro vem acumulando testes em teorias que formulam o nosso Universo Ficcional, em que o RPG (Role Playing Game) entrou em 1991, sem dúvida para ficar; e algumas dessas anotações serão compartilhadas, aqui e aos poucos, com vocês.

Por exemplo, o estilo de jogo adotado a partir de 2008 é o de Story Game com narrativa compartilhada, e tendo o Jogador como o Tipo de personagem central mais importante.

Durante a infância, Sol teve um caderno de anotações: "Eu e o Jorge" foi a primeira tentativa de narrar as aventuras junto ao filho do caseiro do sítio em Azurita (MG). Depois, vieram as poesias. Então, O Jogo teve início ao mesmo tempo em que o RPG entrou no cenário; e recebeu o título de P1 (Projeto 1), sobre o qual vamos falar também. (Pode demorar). A idéia aqui é desenvolver a partir do que já está definido; mas falar do início e de cada fase do projeto e de como se chegou até aqui é parte dos textos que você vai encontrar. Não é o prato principal, mas vai adoçar a leitura.

Toda entrada seguinda de (Definição) é uma entrada de Dicionário, explicando o uso.

Sol Cajueiro também está auxiliando a criação de Mulala, língua do cenário de Heitor Loureiro.

Mulala é uma homenagem a Malala, uma jovem que luta pelo direito de estudar, e esta língua oficial do Império Elementalista, também conhecido como Mu. Suas Escolas são muito importantes, e são protegidas pelos Dragões, sendo reconhecido como império sendo protegido até mesmo pelos Basylisques, porque eles tem conhecimentos muito importantes e que são essenciais ao futuro.

Se você mora em Belo Horizonte (MG) e região, ou tem o interesse em saber mais sobre criação de línguas de nosso Projeto, mande uma mensagem.

Se tiver o interesse em aprender Akkia, ou outras línguas do projeto, não perca tempo –– Venha!

Há sempre um grupo de estudos e, se não houver, formamos um! A Arte é a expressão da nossa alma.

O Enigma Fictional Multiverse é um meio de adicionar explicações úteis para Jogo e fomenta a crença na Teoria do Jogador como sendo uma alternativa à guerra. Isso quer dizer que O Grande Jogo não é uma guerra. A disputa pelos Ativos se dá pela Interação, ou seja, pelo contato entre Jogadores, feito através do espaço-tempo. Dissemos Não à guerra! Isso é um alinhamento de nosso Jogo.

Também estamos alinhados a outras Nações da Magia, de vários lugares, como por exemplo a Nação da Magia do Reino Unido. Isso, sendo bruxos. Também acreditamos nas Tradições, tendo exercido o direito a Magia que seja feita por Virtude, ou seja, o oposto dos Vícios, ou Pecados, que são proibidos. Durante o ano de 2018, em um evento recente, foi fundada a Tradição que recebe o nome de Magiker. Também reconhecemos a existência recente das Tradições que recebem os nomes de Efemmera ou Gi, A Corte, Gadgeteers, a hispânica Casillas, a nipônica Tachi, o Conselho Chinês ou Hao, a Escola de Moskkau ou Yarova, e Bra, entre outras. Saibam que estamos evitando citar os nomes de Tradições que existem, então adicionamos algumas como Djine, por exemplo, puramente ficcional. Respeitamos também as Tradições da Nobreza, que abandonaram os Pecados há vários séculos.

Isso quer dizer que sabemos que nem todos os Magos são maus, ou seja, que as diferenças entre Bruxos e Magos devam ser feitas por Jogos, não por guerra. Seja um dos que dizem não aos Pecados! Os Vícios não podem mover a Magia.

Quem mexe com Demônios acaba se tornando demônio –– Diga não aos Sete Vícios.

Nem tudo se resume a novidades, e vamos tratar em algumas páginas de influências de outros Jogos, apenas como sugestões, sem ferir os Direitos de ninguém. Tudo como Alternativa. Você está convidado a tomar parte nessa Viagem.

Estamos fundando em nosso mundo, O Grande Jogo, uma alternativa para quem quer a paz.

Mais páginas serão adicionadas aos poucos; e agradecemos pela sua paciência, seu apoio e comentários.

Mande um tweet para @solcajueiro no Twitter, ou vá à fanpage[1] no Facebook. Agradecimentos serão adicionados a todos os Patronos da campanha no Patreon[2] e os nomes sugeridos serão listados, aos poucos; note que alguns nomes podem precisar ser adaptados para se ajustar a uma língua específica etc.

Sem dúvida, o objetivo aqui está em formular a ambientação; e dar informações relevantes sem Spoilers a você.

Assim, mantendo em mente que temos um interesse "aqui" em publicar material autoral, vamos também proporcionar a Mestres e Jogadores material auxiliar e que pode ser útil para desenvolver suas histórias, seja na forma de RPG, Story Game, Romances, Contos ou outros.

A expressão "Role os Dados" vai ecoar além da lenda.

Obrigado pela visita.