Terna

De Enigma
Ir para: navegação, pesquisa

Poesia.

Esta poesia é dedicada ao futuro, Orizontino, 16 de Julho de 2015.

Alguns direitos reservados.

Terna

♡ Sol Cajueiro, Báelorizont.

Crenças.

Andanças,

peças,

nuvens sobre

as árvores.

A eterna

busca

pelo

completo.

Inteiro,

desde os inícios,

o pano

que protege

os ofícios,

tranças.