Sanguinius

De Enigma
Ir para: navegação, pesquisa

Definição de: Sanguinius

Sanguinius é um Vampiro, e é um imortal que bebe sangue.

Na verdade, o Sanguinius não precisa beber sangue para viver, mas se não beber sangue envelhece e morre de velhice. Ainda assim, este Vampiro reencarna, descobre que é Vampiro e vive sua vida, depois faz todo o ciclo de novo.

Bebendo sangue, e não precisa ser muito, eles são imortais e podem dormir ao invés de morrer.

Eles formam sociedades, liderando os Vampiros de Energia e também os Nekron.

Mas, apesar disso, a maioria dos Nekron se considera livre de líderes.

Obrigado por ler.

O Que esperar dos Vampiros

Vampiros são quase todos imortais, e quase todos bebem sangue.

Eles foram parte do Império Vampýr, que existiu há 15 milhões de anos, e durou 800 mil anos. Foi idéia de um Deus Vampiro que os Vampiros vivessem em segredo. Isso mudou tudo.

O Sanguinius e o Nekron recebem +5 em todos os Stats, e se tornam uma elite.

Elite, porque eles são sempre melhores em tudo, força, agilidade, inteligência, expressão, e suas percepções os tornam mais aptos a sobreviver.

E na verdade, eles foram elite na Era em que as Tribos dominavam.

Seja guiando ou liderando, seja caçando ou protegendo os membros da Tribo, eles eram elite.

Hoje, sendo parte do Segredo, eles vivem suas sociedades, de Vampiros e Doadores.

Vampiros do Tipo chamado Sanguinius não precisam de muito sangue. Algumas gotas por semana, é o bastante. Eles precisam de sangue para viver, ou começam a ficar loucos com a Sede. Isso os define. Alguns Vampiros bebem mais sangue, são os que recebem o título de Caçadores, e caçam mortais para sugar seu sangue quase todos os dias, povoando o imaginário popular.

Ou deveríamos dizer quase todas as noites? Sanguinius têm alergia a luz solar.

Isso não os mata imediatamente, mas a exposição a luz solar pode causar queimaduras e, se por longo tempo, diga-se mais de cinco minutos de exposição, não só a sua pele mas a sua carne começa a queimar.

Entenda isso como Dano Não Letal, depois Dano Letal, aplicados à Vida do personagem.

Suas sociedades são Nações muito bem organizadas ao redor do Segredo, eles.

Eles são aliados dos Nekron, os Imortais Sagrados e diurnos, que são imunes a luz solar, mas precisam de sangue para viver. Eles também sentem a Sede, que pode retirar deles sua Lucidez.

A Lucidez é uma estatística arbitrária que 1. Variando de -2 a +3, indica normalidade, 2. Variando de -20 a +30, indica que a sua Sanidade está no Nível: Perturbado, e 3. Abaixo de -20 ou acima de +30 indica a falta de Sanidade, ou seja, qualquer que seja o Nível a pessoa é louca, tanto para mais quanto para menos.

Um Vampiro que esteja Perturbado começa a ter alucinações que se confundem com Memórias. Isso os confunde, porque há um Segredo em se beber sangue, e é muito importante.

Ao beber o sangue de alguém, o Vampiro adquire as suas Memórias, línguas e conhecimentos.

Desta forma, ao beber o sangue um Vampiro se torna próximo da pessoa que está doando. Isso é importante. Isso torna o ato de beber sangue um ritual de intimidade, e duas coisas: o Vampiro não quer matar, porque passa a saber quem é a pessoa, seu sofrimento e como a vida lhe trata, e também é um ato de intimidade, ou seja, o Vampiro não quer beber o sangue de qualquer pessoa.

Exatamente por este motivo, os Vampiros formam sociedades, e os Doadores são família.

A Nação da Magia reconhece a existência de Vampiros, e seu Segredo.

Assim sendo, não vamos citar os nomes de Nações que existem, mas vamos deixar claro que cada grande capital tem um Líder, e ele ou ela lidera A Corte (The Court), uma Tradição para aqueles imortais que têm na Magia a sua fonte de estudo.

O Vampirismo, ou a sociedade dos Vampiros de Energia, em geral depende de um despertar para a Condição de que se é um Vampiro de Energia, e que acontece na adolescência.

Os Sanguinius que reencarnam também passam pelo mesmo processo de descoberta.

Os Nekron não têm isso, e não reencarnam sendo Vampiros. Ainda assim, ter sido um Vampiro em uma reencarnação passada faz deles pessoas tocadas pelo sobrenatural, e eles são atraídos para a Condição, do ser Vampiro.

O Sanguinius teme a Morte Final, e a proibição de reencarnar, que os Deuses podem lançar sobre eles, caso um deles seja Condenado, e este é o título usado, ou seja, evita-se daí em diante dizer o nome do Condenado.

Em Arda, nossa Terra, existem uns pouco mais de dez Deuses, mas existem anciões que os controlam.

Os Anciões são chamados de Vetalla, uma palavra muito antiga, e que quer dizer isso mesmo.

Devemos reconhecer a habilidade dos Vampiros em se esconder, eles são muito bons nisso, e isso deriva de um acordo que foi selado quando os Vampiros decidiram não dominar as pessoas comuns há milhões de anos. Eles ganharam a capacidade de entrar na mente dos mortais, fora saber suas memórias. Isso os torna os predadores perfeitos. Além disso, os Sanguinius são sedutores, e uma pessoa pode mesmo não perceber que o Vampiro bebeu seu sangue, se assim o Vampiro desejar.

Além disso, é muito raro um Vampiro querer transformar alguém.

Diga-se que é necessário amor para que isso aconteça, porque você vai ser responsável por esse novo Vampiro por mais ou menos de duzentos a trezentos anos.

Isso pode ser reduzido, e o novo Vampiro pode conquistar seu território por mérito. Mas isso, só os Deuses julgam. Dessa maneira, a sociedade dos Vampiros sabe recompensar aqueles que mostram seu valor. E valor, nós estamos dizendo inteligência e capacidade de reconhecer Ameaça e Oportunidade.

Os Vampiros de Energia são sempre jovens, apesar de envelhecerem de maneira natural, e acumulam respeito dos Deuses porque eles e elas, querendo ou não, vivem entre os mortais.

Isso, os Deuses invejam os Vampiros de Energia, e também que podem andar de dia.

Mas não duvide que um Vampýr não seja um problema, se dominado pela Sede.

Essa dualidade Vampýr de enlouquecidos e de Vampiros de Energia causa um pouco de confusão, no início, mas você vai sentir a urgência de fazer alguma coisa, uma Ameaça, se for o caso de um Vampiro ter perdido a noção.

Vampiros podem beber algum líquido que seja "O Sangue da Terra", o que, por exemplo, para o Brasil, é o café; e para simplificar e de uma maneira geral, o vinho.

Estamos trabalhando para oferecer mais exemplos, aos poucos.

Aguarde enquanto a redação e revisão do texto wiki dinâmico adiciona informações.

O processo de criação depende de informação já existente em outras páginas.

Obrigado por ler.