Eu O Plano

De Enigma
Ir para: navegação, pesquisa

Poesia.

Aguarde a tradução para as nossas línguas, direitos reservados.

Vá para Cosmologia.

Ou volte para Poesias (lista).

Eu O Plano

-- Sol Cajueiro

Hoje, calma

enquanto existo,

como plano,

vejo e acompanho

a transmorfose

a memória é forçada

a se tornar voz

em meu caminho, vejo

a continuidade

planar só existe

porque shish

-- os espíritos livres

aprendem isso

que a língua comum

me mantém; é isso,

as línguas tu és.

Todo cruzamento

é uma tradução, travessia.

Toda travessia, ida

é um caminho, língua;

e a língua de quem

é um plano.