Cosmologia

De Enigma
Ir para: navegação, pesquisa

Este é o texto sobre Cosmologia.

Enigma nasceu da ideia, no início da década de 90 (1991, de acordo com anotações), de que a Magia é parte da natureza, e sendo assim não há nada a ser considerado não-natural em todo o Universo.

A Página principal tem mais links por onde você começar a ler.

Nota: Todos os direitos reservados (Sol Cajueiro).

Siga para Enigma:Aviso_geral para ver a licença.

A Cosmologia evoluiu da simples dualidade matéria-espírito para Realidade, desde o P1 (Projeto 1) em 1991 ao P4 (Projeto 4) em 2001, se reforçou com os estudos sobre o sistema de Aritmancia desenvolvido por Sol Cajueiro. Aritmancia envolve os Atributos e estudo filosófico dos números; aqui o objetivo não é fazer previsões sobre o futuro, mesmo porque deixamos isso para os personagens das nossas histórias, e sim se dedica a analisar o Universo através da matemática encontrada, inclusive, nos estudos de diversos cientistas, filósofos e é parte dos estudos em Escolas, e a Academia acompanha as teorias.

A Aritmancia é: 1. Verdade, 2. Trevas, 3. Luz, 4. Caos, 5. Mutação, 6. Ilusão, 7. Ordem, 8. Êxtase, e 9. Segredo –– há também o Zero: Interferência Divina ou Pausa, Latência (tempo parado).

Role um d10 e defina o Contexto, que oferece Modificadores para os Testes dos intérpretes.

Isto também se aplica a outras definições do Universo Ficcional, como por exemplo o Elementalismo: só são considerados Elementos Majores aqueles que têm Elementais, e são Doze Elementos; há um em especial, Elemento Intermediário: o Fogo –– não é um elemento maior, mas tem elemental. Todos os Elementos Minores são, em geral, os mais complexos, e nenhum deles tem elemental, como por exemplo: Sangue.

Agora que explicamos os Atributos e o Elementalismo, vamos às Dimensões.

Dimensões são lugares paralelos, que podem compartilhar de uma mesma linha do tempo, sendo o conjunto de (12) Dimensões básicas chamado de Padrão.

Nota: Não confundir com a Origem que tem o mesmo nome, Padrão.

O Padrão é o conjunto de Dimensões a que se chaga a um mundo vindo do espaço, e é muito difícil entrar no mundo por outras Dimensões (Tunna sabe fazer isso, mas é uma excessão).

Há uma média de 150 Dimensões Paralelas em mundos habitados, e isso vai até 35 Dimensões.

Acima do Padrão, nós encontramos o Astral, também chamado de Doxa.

Abaixo do Padrão, é encontrada a Necrópole, ou Paradoxa, e é neste lugar que nasce um sem número de fenômenos a que damos o nome de Manifestação, tudo o que não tem explicação razoável para existir ou acontecer.

Destas duas Dimensões nasce o que chamamos de Âncora, ou Vis, mas Âncora é uma criação, e somente os Antigos conseguem criar uma.

Acima do Astral, encontramos O Evento do Horizonte, também chamado pelos egípcios de O Outro Lado, o limite material, ou seja, não se vai corporalmente além disso.

O Outro Lado é temido, e é feito da mistura de todas as linhas do tempo.

Acima do Evento, há O Nada, ou (eng) Nothingness. Ele é feito de uma Ausência, ou seja, a noção de Não Existência, que é o que muitos enxergam através do Evento (sempre que dissermos Evento, dissemos O Evento do Horizonte), e é o que faz com que apenas um Vidente, ou Oráculo ou Profeta consigam enxergar além.

Há uma teoria que diz que acima disso há o que é chamado de Fronteira, onde se encontra a Presença, e a dualidade que indica que Deus existe ou não existe, de maneira alternada, dizem que em função de Ele estar neste Multiverso ou não.

A Presença Capital é o lar dos Panteões, e de onde vêm Deuses, Entidades e Avatares, de todas as Nações, para guiar as pessoas.

O efeito disso sobre as Dimensões está em que A Presença Capital que existe nas Fronteiras indica que a experiência direta com a Realidade é a única maneira de se ter alguma certeza sobre como a Natureza de todo esse ecossistema funciona. Isso quer dizer que um Jogador deve considerar O Grande Jogo como um dos mistérios a se revelar presente na Dimensão que recebe o nome de Fronteira.

O Olho Interior está acima das Fronteiras, e isso permite a existência dos Olhos.

Os Olhos são outras matizes de íris e olho como um todo, que podem ser vistos por qualquer um com treinamento em Sintonia, ou em estado de Transe. Um exemplo são os olhos vermelho sangue, característica de quem está em Fúria, mas são poucas as raças que conhecem este nível de experiência pessoal.

É do Olho Interior que vêm as revelações, e daí que Videntes conseguem fazer previsões.

Enfim, acima de tudo isso está O Enigma, o lar dos Grandes Poderes, ou Atributos. Também é o lar da Entidade que recebe o nome de O Espírito do Universo, e Ela tem infinitos Avatares, para viver e experimentar Tudo que Existe.

Outra maneira de ver o Zero é como Pausa ou Latência. Isso é o que permite aos Jogadores o ato de fazer uma pausa, parando o tempo para conversar com outros Jogadores.

Os Atributos são as Energias das quais Tudo é feito.

Sol: Os Atributos são um estudo que eu comecei em 1985, junto da criação da língua Draka, a língua dos Dragões, e eu demorei até o P4 (Projeto 4) para finalizar. Draka foi a minha primeira Conlang.

Ainda no Padrão, existe a possibilidade de criação de Planos paralelos.

Estes Planos artificiais são chamados de Construtos. A Doxa permite que estes Planos liguem lugares paralelos, e a ligação entre Dimensões é chamada de Entreposto, ou Entreplano, enquanto que a Paradoxa se manifesta na forma de Energia Histórica (EH).

Abaixo das Necrópoles há um tipo de anomalia que é chamada de Ebb, ou Maré.

A Maré envia sofrimento a todas as partes da Cosmologia, sob a forma de Limbus, o lugar para onde vão os espíritos que escolhem sofrer como punição.

Abaixa da Maré existe o "Prime", ou Plano Primordial, lar dos Elementais.

É do Plano Primordial que vem O Laranja, um elemento básico que é usado em Alquimia para se fazer mistura de elementos e compostos que não se misturam, como por exemplo o Ouro e o Branco, que formam o Telluron.

Telluron é um metal que conduz Magia, usado por exemplo para fazer uma Varinha.

Abaixo disso, você encontra A Dimensão Proibida, lar da Emanação.

Emanações são pessoas escolhidas para proteger o mundo do Abismo, que fica depois da Dimensão Proibida, e é onde nascem os Abissais.

Abissais são criaturas terríveis, inspiram medo, e têm tentáculos com os quais suga tanto a Lucidez das pessoas que agarra, quanto outras coisas. Isso quer dizer que uma pessoa pode inclusive perder Nível, sendo agarrado por um Abissal, ou morrer, se o Abissal começar a sugar sua Vida.

Este é o final das Dimensões da Cosmologia; vá para Planologia, para ver mais.

Em paralelo com o Padrão (Standard), em alguns mundos, existe a Interface. Este é um Plano tecnológico, aderente à Realidade.

A Energia da Interface recebe o nome de Data, e é manipulável pelas Entidades da Interface, e talvez por Deuses que tenham aprendido a interagir com ela.

Note que O Laranja é uma substância ligada aos Deuses do Tempo, e serve de antídoto para O Azul, cujo o nome correto é Annila. Ele é formado pelo uso de Óleo Negro, que também é um elemento encontrado no Plano Primordial, e cujo o nome correto é Ulyu. Isso são palavras da língua dos Dragões.

Tratamos dos Planos Laterais no texto de Planologia, mais especificamente.

Mas o que é um Dragão? Bem, uma raça. A raça dos dragões tem um lugar especial na Cosmologia do universo de Action Tales Enigma, principalmente por ser a raça que deu nome a muitas das Teorias da Magia, sendo usadas por muitas das raças mais jovens.

Assim sendo, U-lla e Kai-lu –– ou: Tempo e Espaço –– são referências necessárias à Magia.

Mantenha em mente que não há nada fora da Natureza, na Cosmologia.

Siga @solcajueiro no Twitter para mais informações, ou @themagicnation ou @schmmach também, sendo os meios de contato mais rápidos com o Autor.

Estamos trabalhando para oferecer mais exemplos, aos poucos.

Aguarde enquanto a redação e revisão do texto wiki dinâmico adiciona informações.

O processo de criação depende de informação já existente em outras páginas.

Obrigado por ler.