Bra

De Enigma
Ir para: navegação, pesquisa

Ordos (Facção).

Nota: Todos os direitos reservados (Sol Cajueiro).

Sediados no século 23 apresentado nos romances de Enigma.

Venha ler, em Enigma: Silêncio sob Os Paraluzes, o primeiro livro; e também Enigma: O Outro Nome do Medo, o segundo livro, tudo sendo publicado capítulo a capítulo, a cada mais ou menos uma vez por mês.

Eles tem muita Magia, e são organizados, uma sociedade formal de Bruxos e Bruxas. Há uma personagem que é identificada como Wicca, que se define como uma pessoa comum que usa Magia, ou indo além disso, uma pessoa que usa Fé ao invés de Aptidão de nascença.

Os Bruxos de nascença tem Aptidão, e a capacidade de dizer Palavras de Poder, ou seja, feitiços.

A Feitiçaria se une a uma religião, a religião de Oxalá, um gênio, porque inventou uma maneira de os espíritos poderem "comer", ou seja, quando um espírito trabalha, fazendo com que os Rituais aconteçam, ele ganha o direito de comer.

Outra coisa impressionante dos Bruxos de nascença do século 23 é a Roda.

Inspirada na Capoeira, a Roda é um tipo de dança-teatro, onde se pode ver as histórias desta sociedade.

Uma das personagens destes romances, Asha é uma dançarina de roda famosa. Ela, com apenas onze anos, é considerada a melhor dançarina da sua Escola, que recebe o nome de Capela.

O ensino teórico e prático acontece em Escolas, que ficam em várias dimensões.

Uma das coisas mais importantes desta época está em que não se sabe como criar novas Escolas, mas a melhor dançarina tem uma resposta para isso, e descobre como mudar as escolas de lugar -- Devido a isso, mais adiante na história, as Escolas vão passar a ser em ambiente urbano.

A Melhor, seu título na Escola, teve treinamento especial, criado pelo ancião Sabarba.

Vemos nestes romances, que esta sociedade tem técnicas de ensino avançadas para todos os Tipos, como por exemplo a pequena Sura, também chamada pelo nome de Kate por causa do seu segundo nome, Katalina, ela é djine, mas está aprendendo Magia na escola dos Bruxos de nascença.

Outro exemplo é Tomoe, que é uma monge elementalista, mas também está estudando na mesma escola.

Esta sociedade tem os três Tipos básicos de Enigma, que são: o Herói Bruxo, o Nobre Vampiro, e o Monge Diplomata -- eles se completam para formar uma sociedade que existe em muitos lugares: a sociedade das Pessoas de Poder, em oposição a Pessoa Comum.

Um Comum é uma pessoa que não tem dons de nascença, e está satisfeito em poder trabalhar, ter família e poder tomar uma cerveja no final do dia com os amigos, além de não se importar muito com quem está no poder.

Isso é um prato cheio para um Corruptor, que pode aí se instalar, com o apoio da população.

Esta sociedade também foi influenciada pelas revelações de Tempus, um teórico Vampiro que explicou Integridade, Subversão, e Corrupção, e por exemplo suas escolas tem aulas de DCC, ou Defesa contra a Corrupção, ensinada a seus políticos, entre outros.

O nome Bra é por causa do país que aí existia antes, o Brasil, mas que no futuro é um território, como os antigos Estados Unidos, e também o Oriente Médio, tudo não são mais países, mas o Reino Unido ainda existe.

Neste mundo do século 23, a camada de ozônio acabou, e então, foram inventados os Paraluzes.

Eles são gigantescas estruturas acima das nuvens, e o efeito sentido é que os tons de cores variadas preenchem o dia das pessoas que vivem sob esta proteção; fora dos paraluzes, está o agreste, com plantas azuis e alaranjadas.

Poucos são os que ousam tentar a sorte fora dos paraluzes, eremitas, sobreviventes, ou cientistas.

A vida continua, e a comida é criada em fazendas verticais, nas grandes cidades, aglomerados.

Obrigado por ler.